youtube space

O Rio de Janeiro receberá no ano que vem YouTube Space Rio, que ocupará um espaço de mais de 2 mil m2 no Porto Maravilha, na capital carioca. Instalado no Armazém 1, a ideia é que ele funcione como uma incubadora oferecendo ferramentas e orientações que facilitem a inovação e experimentação em vídeo. Os YouTubers terão acesso no local a workshops, estúdios e equipamentos de última geração para o aprimoramento da produção de conteúdo. A expectativa é que a cada trimestre 12 a 15 mil youtubers utilizem o espaço, usufruindo de todas as atividades gratuitamente. A iniciativa foi apresentada em um encontro com a imprensa e YouTubers nesta quarta-feira, 9, no Museu de Arte do Rio (MAR).

O projeto está sendo elaborado há dois anos pelo Google e marca a chegada física do YouTube ao Rio de Janeiro, informou Fábio Coelho, presidente da empresa no Brasil. “Este investimento que anunciamos hoje é estruturante, dá a possibilidade de pessoas empreenderem e participarem. O Rio é um polo audiovisual por excelência e definição. Nada melhor que fazer esta aposta para que estes talentos sejam conhecidos”, disse o executivo. O plano é que o projeto fique pronto até o final de 2016 e incremente a produção de conteúdo. Coelho observou que, apesar do Brasil ser um dos cinco maiores mercados do mundo em consumo audiovisual, não está entre os maiores produtores. “O YouTube Space ajuda como um viabilizador com esta plataforma de tecnologia”, disse.

Atualmente o Google tem um YouTube Space em São Paulo, mas é um projeto piloto, bem menor do que será instalado no Rio. Na capital paulista, ele funciona em parceria com o Instituto Criar, do apresentador global Luciano Huck. Já a iniciativa carioca segue os moldes de outros projetos que a empresa de tecnologia tem no mundo, como o espaço que hoje existe em Nova York, que possui 2,3 mil m2. Além deste YouTube Space, o Google possui outros em Los Angeles, onde funciona a flagship da iniciativa, e ainda em Toquio e Londres. Já está prevista a abertura de espaços como estes em Berlim e Mumbai, além do Rio.
“Os brasileiros são uma das comunidades mais vibrantes do YouTube. É impressionante ver o que os YouTubers estão produzindo, e o YouTube Space Rio é a nossa iniciativa mais recente para continuar apoiando esta incrível comunidade e incentivar a próxima geração de talentos. Estamos curiosos para ver o que virá no futuro, uma vez que barreiras que impedem a inovação e a criatividade sejam derrubadas”, disse Lance Podell, diretor global dos YouTube Spaces.

Para participar das atividades do YouTube Space Rio, basta se inscrever em um site que será divulgado posteriormente. Já para usar os equipamentos e estúdios de produção, será necessário que o YouTuber tenha mais de 2,5 mil assinantes em seu canal. A ideia é que o espaço tenha quatro a cinco estúdios equipados para produção de conteúdo audiovisual.

Além dos dois executivos, o encontro desta quarta-feira, 9, contou com a presença do prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes. Bem humorado, ele participou de uma série de entrevistas com YouTubers renomados que estiveram no evento a convite do Google. Paes foi entrevistado por Manoela Antelo, que com apenas nove anos tem mais de 460 mil inscritos em seu canal; Rafael Procópio, que lidera o maior canal de matemática do Brasil, e pelo americano Seth Kugel, que tem o canal Amigo Gringo. O resultado das conversas poderá ser conferido nos canais deles no YouTube.

 

Por TERESA LEVIN tlevin@grupomm.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>